terça-feira, 31 de março de 2015

Decreto Tubo de Luz

Decretos do 7º Raio

Estrela da Liberdade Saint Germain



Invocação à  Chama  Violeta



Esta invocação é poderosa e liberta os fracos e oprimidos da injustiça, conhecida como a chama Violeta  da Liberdade e da Justiça. Você poderá ""criar no seu mundo, em sua realidade , em sua mente  o Poder da Chama Violeta com a sua fé.


 Eu já vi milagres acontecerem, para todos aqueles que oram com fé e acreditam na Verdade da luz da Chama Violeta que liberta. Se você está  encarcerado na vida, sem solução, sem uma porta para bater - chame agora os anjos do Raio violeta, que a chama Violeta virá purificando carma, iluminando o seu dharma, e trazendo a luz da sua alma , do seu Eu  Superior.

 Mas, é necessário perdoar os inimigos que nos aprisionam  sem clemencia. Liberte o outro do seu carma, e seja livre para ser feliz. 
Repita se possível em voz  alta, até que você sinta a voz da alma invocar sua liberação.

Se voce recebeu esta  Chama  Violeta agora e se interessou pelo tema, vamos nos unir e levar a Chama  Violeta da liberdade para todos.

A união é nossa  Força e Luz . Dharmadhannya

RADIANTE ESPIRAL DE CHAMA VIOLETA

Em nome da amada poderosa e vitoriosa Presença de Deus EU SOU em mim, do meu Santo Cristo Pessoal, do amado Lanello, de todo o Espírito da Grande Fraternidade Branca, da Mãe do Mundo e da vida elemental dos reinos do fogo, do ar, da água e da terra eu decreto:
1 - Radiante espiral de Chama Violeta, Desce agora e brilha em mim!
     Radiante espiral de Chama Violeta, Liberta, liberta, liberta!
2 - Radiante Chama Violeta vem, Expande e brilha a Luz em mim!    

Meditação-Chama Violeta, Saint Germain, informações





O poder da aceitação





O poder da aceitação
Andre Lima 


Sempre que surge em nós alguma emoção negativa, estresse ou qualquer tipo de desconforto emocional, é um sinal de que, em algum nível, entramos em um processo de não aceitação da realidade. Situações acontecem e reagimos internamente contra a realidade nos causando sofrimento.

Os pensamentos de não aceitação são os mais diversos. Alguns desses pensamentos falam sobre coisas que estão acontecendo no presente momento e outros focam em situações já passadas:

 eu não deveria ter feito isso; fulano deveria ter falado comigo de outro forma; as pessoas deveriam se comportar de tal maneira; eu deveria ter feito outra coisa e não fiz; o mundo deveria ser mais justo; eu não aceito o que aconteceu comigo;
 não suporto o jeito de falar de fulano (pensamento que deixa implícito que fulano deveria ser de outra forma); o avião não deveria estar atrasado etc..

Imediatamente ao entrarmos em conflito com a realidade, surge desconforto. Ditamos internamente como a realidade e as pessoas deveriam ser. Mas elas são sempre do jeito que são, e não há pensamento no mundo dentro de nós que possa mudar a realidade do jeito que ela está se apresentando naquele momento, ou o que já passou.

Uma das formas mais comuns de não aceitação da realidade é o hábito de reclamar. Existem pessoas que reclamam continuamente de tudo o que acontece e que não se encaixa com o ideal imaginário que ela criou. Reclamam do trânsito, da fila, do atraso, do salário, das atitudes de alguém, e até do clima, o que as deixam eternamente estressadas e insatisfeitas.

segunda-feira, 30 de março de 2015

Anjo HOVA-VI-YAH - 15-19 de MARÇO






             15-19 de MARÇO    *

INVOCAÇÃO      

Ó Anjo Hova-Vi-Yah,
Você me vê;
Eu não cheguei ao penhasco do tempo.
Diante de mim

As cores do espaço
Cintilam
No enigma da eternidade.
Ó Hova-Vi-Yah,
As chamas das galáxias
Volteiam e espiralam eternamente, 

Investindo
Em direção aos limites dos mundos.

Ó Anjo Hova-Vi-Yah,
Dê-me seu amor,
Empreste-me sua imensa coragem, 

Que tece
Novas flores
A partir das eternas primaveras
        
Facilita as transições, passagens e descobertas.
 Encoraja as mudanças, as mutações e as metamorfoses.
 Promove a emergência da renovação e da primavera.
 Ativa sentimentos de amor e de amizade.

PRONUNCIA FONÉTICA
Ho - como o Ro em Roupa
Va - como em Vaso
Vi - como em Vitória
Ya - como o Ia em Hiato
H - Vocalize o H final como uma exalação suave

RESSONÂNCIA UNIVERSAL DO NOME DO ANJO
Ho - Força vital espiritual. Presença do espírito universal que tudo permeia. Vocação divina, ligação divina.
Va - Fator revigorante. Fertilidade e produtividade. Catalisador da variedade, vitalidade, veracidade, vontade e vigor.


VI - Fator revigorante. Fertilidade e produtividade. Catalisador da variedade, vitalidade, veracidade, vontade e vigor
Yah- A vibração final do nome do Anjo. Receptividade e reflexividade. A presença da divindade; a abundância do ser.

Átomo Permanente e a Chama Trina



                                         Átomo  Permanente e a Divina Presença                                           

  Procurai estudar com desvelo especial esta instrução, pois o seu conteúdo é comparável a um processo químico de nível científico, onde nada deva ser salteado, quando se quer alcançar um trabalho bem feito.

  O Átomo Permanente é um núcleo – o poder coesivo – que atrai para seu redor a substância eletrônica, a fim de ser criada a forma física perfeita. A Luz Eletrônica preenche o Universo e contém em seu interior um núcleo central – a Chama Inteligente, nas cores azul-branco-cristalino. Esta é a substância da Luz Universal, substância de luz informe que mantém em si a Inteligência Divina.


 A Divindade Eu Sou é a atividade criadora da Vida, ou seja: A Chama Trina – atividade tríplice de Pai, Filho e Espírito Santo. Esta é a única força criadora do universo.

  Meditai sobre o que vos foi dito até poderdes distinguir a força-criadora e a substância da Luz, aquela essência que obedientemente se torna o Manto da Chama Criadora.

  A poderosa Chama Trina Cósmica pode multiplicar-se, ilimitadamente, e formar em toda parte no Universo, pontos de Focos de Consciência, tanto faz que se trate da própria Divindade – o Logos Solar – ou uma Chispa da Divindade. Isso não faz diferença, pois o Fogo Sagrado Criador é igualmente poderoso no coração do Grande Sol Central ALFA e ÔMEGA como no coração do homem da sarjeta.

  Quando os elétrons se projetam da Grande Presença Eu Sou ao coração físico da Emanação de Vida, eles se mantêm no Fogo Criador. Cada elétron pode tornar-se o núcleo de um objeto. Por exemplo: uma forma que a Emanação de Vida necessita em sua existência. Assim pode acontecer que um elétron se torne “um corpo de uma criança”, a semeadura de uma idéia, o núcleo de um grande movimento internacional, uma novela ou uma Sinfonia das Esferas.

domingo, 29 de março de 2015

Segredos e Métodos para praticar a Respiração”.



                                                      
Segredos e Métodos  para praticar  a Respiração”.
Primeira Parte


Quando voce está concentrado em sua respiração voce está protegido do vampirismo, de uma mente dominadora, de obssessores, perda de energia, pensamento compulsivos, emoções desconcontroladas, muitas vezes da depressão principalmente, se voce faz exercícios físicos e caminhadas, ajuda muito.

Quando sua mente está centrada, voce está no centro em harmonia com o Espirito, com a Alma. Você está protegido, pode ouvir sua intuição e estar ligado com o seu Anjo da Guarda, ao seu Eu Superior.

Se a mente está sendo dominada pelo ambiente, pelo ódio, descontrole emocional, com a meditação eacom  a concentração na respiração, voce está no controle da sua vida e na roda do dharma.

A Inteligência fixada no Espírito que respira é o centro do Ser ao redor do qual a mente e os sentidos giram é a Inteligência que é a fundação da vida e das sensações.

O Todo é Espírito – Mente Viva Infinita – Consciência -  É Luz Clara...

“A consciência da respiração é o caminho para a consciência.

Respirar é trazer nossa força da vida em uma espiral de sintonia com a hélice universal que carrega toda a força no cosmos.
Todos respiramos o mesmo ar. esse ar é Spiritus (latim "respiração de vida"). A presença do Spiritus dá vida. O Ar é a presença da essência da vida.  
A magia da consciência da respiração é a consciência do Espírito da Unidade.


"Segredos e Métodos  para praticar  a Respiração”.

As práticas de parar e observar tem por finalidade atingir a liberação, isto é, a liberdade da prisão.

A que estamos presos? Antes de tudo, caímos na distração que nos faz perder a plena atenção. Vivemos como se estivéssemos num sonho. Somos arrastados de volta ao passado e empurrados para o futuro.

Estamos presos às nossas tristezas, agarramo-nos à raiva, aos sentimentos de intranquilidade e medo. Aqui “liberação” significa ir além e deixar para trás essas condições a fim de vivermos totalmente despertos, com alegria e suavemente, tranquilos e em paz.

Viver dessa maneira significa que a vida vale a pena ser vivida. Vivendo assim, somos uma fonte de alegria para nossa família e para aqueles que vivem conosco e em torno de nós.

O budismo muitas vezes se refere à “emancipação”, isto é, ir além e abandonar nascimento e morte. Sentimo-nos ameaçados pela morte. Quanta intranquilidade e medo têm sido criados pelo medo da morte!

A meditação nos permite ficarmos livres dessas prisões de intranquilidade e medo.

Por favor, use quaisquer métodos que sejam... Respire! Você está vivo mais adequados à sua situação presente e, em primeiro lugar, pratique-os. Ao parar, observar já está presente, mais ou menos; ao observar, há um parar natural.

Segredos e Métodos para praticar a Respiração”. Parte 2



Quando você está concentrado em sua respiração você está protegido do vampirismo, de uma mente dominadora, de obsessores, da perda de energia, de pensamento compulsivos, de emoções descontroladas e muitas vezes da depressão principalmente, se você faz exercícios físicos e caminhadas.

Quando sua mente está centrada, você está no centro em harmonia com o Espirito, com a Alma. Você está protegido, pode ouvir sua intuição e estar ligado com o seu Anjo da Guarda.

Se a mente está sendo dominada pelo ambiente, se  o outro (vivo ou morto) entrou na sua mente para controlar, pelo ódio, descontrole emocional - com a meditação e a concentração na respiração, você está no controle da sua vida e na roda do dharma.

A Inteligência fixada no Espírito que respira é o centro do Ser ao redor do qual a mente e os sentidos giram é a Inteligência que é a fundação da vida e das sensações.
  

“ Parte 2.
 "A consciência da respiração é o caminho para a consciência
Segredos e Métodos  para praticar  a Respiração”.

“O Quinto Tópico da Plena Consciência: observar os sentimentos (Métodos 7-8)”

Inspiro, consciente das atividades da mente em mim.
Expiro, consciente das atividades da mente em mim.
Inspiro, fazendo as atividades da mente ficarem calmas e em paz em mim.
 Expiro, fazendo  as atividades da mente ficarem calmas e em paz em mim.

O sétimo e o oitavo métodos de respiração visam observar todos os sentimentos, agradáveis e desagradáveis.

 Sentimentos de irritação, raiva, ansiedade, preocupação e aborrecimento são os desagradáveis. Qualquer sentimento que esteja presente, o discípulo da meditação identifica, reconhece que ele está ali, e acende a luz do sol de sua consciência para iluminá-lo.

Este é o trabalho da observação. Por exemplo, se estamos irritados, devemos saber: “Esta irritação está em mim. Eu sou esta irritação” e inspiramos e expiramos nessa irritação.

Na prática budista, a meditação da observação baseia-se na não-dualidade. Portanto, não vemos a irritação como um inimigo externo que chega para nos invadir. Vemos que somos a própria irritação instalada. “Eu sou essa irritação” e inspiramos e expiramos nessa irritação. Vemos que aquela irritação é o momento presente.

EU NAVEGAREI - Flauta-doce

sábado, 28 de março de 2015

Os Nove Princípios do Feng Shui




 Os Nove Princípios do Feng Shui

Chegue-se às pessoas
 Aprenda com elas. Ame a elas
Comece com o que elas sabem
 Edifique sobre o que elas possuem

 Mas, o melhor dos líderes age, assim...
Quando a obra de todos se completa,
Quando o trabalho de todos está pronto,
Todos eles irão comentar:
“Fomos nós que fizemos isso.” —
 Poema chinês escrito há dois mil anos

Os nove princípios seguintes, relacionados abaixo, são a espinha dorsal de todo bom projeto de Feng Shui. Esses conceitos estarão com você ao longo de todo esse livro e de preferência ficarão integrados a seu pensa­mento — pois determinam o tom e a base onde se apoiam todos os de­mais ajustes de Feng Shui.

1.                   Satisfaça as quatro condições.
2.                   Explore a lei do antecessor.
3.                   Procure o equilíbrio.

4.                   Confie em sua intuição.
5.                   Reduza o entulho.
6.                   Os semelhantes se atraem.

7.                   Aumente os percentuais.
8.                   Use as nove soluções fundamentais.
9.                   A manutenção da casa é fundamental.

1. SATISFAÇA AS Quatro Condições: Para que a localização de im­portantes objetos domésticos, mais exatamente sua cama, escrivaninha ou fogão, seja considerada como tendo um “bom Feng Shui” (na escola filosófica da Seita do Chapéu Negro), ela deve satisfazer, antes de mais nada, as quatro condições seguintes:

 1) o posicionamento deve ser relativo à porta de entrada, em vez de basear-se na direção ditada pela bússola (isso quer dizer que a posição da cama/escrivaninha/fogão é relativa, e se baseia na localização da porta e não de algum dos quatro pontos cardeais);

 2) a cama/escrivaninha deve ter a visão mais ampla do quarto (o ângulo em que se colocou a cama/escrivaninha/fogão se defronta com a vista mais ampla do cômodo;
3) a “boca do ch’i” está no ângulo da visão (isso significa que quando se deita na cama, se senta junto à escrivaninha ou cozinha junto ao fogão, você está virada(o) de frente para a porta);

4) a cama, a escrivaninha, o fogão e a própria pessoa não estão em uma linha direta com a porta (embora necessite de uma visão clara da porta, você não vai querer estar em linha direta com a poderosa energia proveniente dela).

2.                  EXPLORE a Lei DO Antecessor: No Feng Shui, é sempre impor­tante saber quem possuiu o objeto, o presente, o terreno ou a casa, antes que você o fizesse. Juntamente com o objeto em questão também é legada a energia dos antigos proprietários, e igualmente todos os sucessos e fra­cassos daqueles.

 Se você estiver comprando uma casa ou alugando um apartamento, tente investigar a condição socioeconômica dos ocupantes anteriores.

sexta-feira, 27 de março de 2015

Sexto Chakra – AJNA. Patrick Paul . Parte 2





 CENTRO FRONTAL – AJNA.  Parte 2

O centro Frontal em sânscrito denomina-se Ajna que etimologicamente significa comando, mandamento. Corresponde ao conhecimento verdadeiro e tem como função integrar e unificar. Está ligado ao crânio, que pode ser considerado como vértebras transformadas, e aos hemisférios direito e esquerdo do cérebro.

Em Ajna as correntes solilunar, Ida e Pingala, se unem. A partir desse centro há apenas um único canal energético, Sushumna, que sobe em direção ao centro Coronário. Com a abertura do sexto centro, o homem se reunifica. Há nele uma fusão do céu e da terra, uma reunificação de suas duas naturezas.

Se o éter mental é, de certo modo, uma quintessência ligada ao plano horizontal, a vida manifestada no Frontal constitui uma quintessência espiritual.

Na Tradição chinesa este centro está ligado ao “mundo dos deuses”. Ele está no ponto de entrada e saída da energia no corpo, na forma. Os planetas associados a ele são Sol e Lua e é representado pelo lótus de duas pétalas.

 Seu mantra é Om e sua cor clássica é a fulgurante chama branca. O Frontal, que corresponde ao éter do Som, está na raiz de todas as forças da natureza em sua expressão sutil.

O seu elemento cósmico é o Fogo criador, enquanto no centro precedente, o Laríngeo, o elemento cósmico é a Água criadora. No centro Frontal o sono toma-se consciente como se estivéssemos num estado subconsciente. Trata-se de uma condição semelhante a da insônia, quando, por momentos, não sabemos se estamos ou não dormindo.

 Não me refiro ao tipo de insônia na qual a mente e  os pensamentos não param de trabalhar, mas ao estado de passagem entre duas águas, onde há uma consciência de estar desperto e, ao mesmo tempo, uma espécie de sonolência.

À medida que os centros vão se abrindo, a consciência é impulsionada a campos que desconhecemos em nosso nível atual. Isso explica por que uma pessoa que evoluí, que desperta, precisa cada vez de menos sono.

Vive perfeitamente com algumas horas de sono por dia e, ainda assim, trata-se de um sono quase consciente.

No centro Frontal temos uma visão global e transcendente, que percebe os ciclos. E a região do urna, termo sânscrito que significa pedra frontal, terceiro olho, o olho de Shiva, cuja ação é como a do raio.

Sua Casa É o Espelho de Sua Vida





A avaliação de sua casa segundo o Feng Shui começa com uma inspeção passo a passo, para examinar tudo, desde a localização da porta de entra­da até as cores utilizadas em cada aposento da casa.

O que é importante lembrar é o fato de que todas essas coisas afetam a maneira como o ch’i (energia) flui através de nossos lares e locais de trabalho. O fluxo condutor desse ch’i age diretamente sobre nosso pró­prio ch’i e a potência deste. Por outro lado, o ch’i pessoal vai ditar a qualidade geral da vida da pessoa e de seus resultados.

Você é uma antena transmissora e receptora de energia e todos da casa e a casa espelha a energia e o chi faz circular a energia produzida e a captada por todos. 
buscar a Harmonia interna e externa vitaliza o chi da abundancia em todas as áreas da vida. 

Chi: vitalidade

Dei uma risada ao ver no dicionário a palavra vitalidade e ac descobrir esta definição: “a capacidade de distinguir o vivo do não-vivo”. Chi é vitalidade. Todos os espaços são receptáculos para a vida e precisam de chi, embora a quantidade exigida de­penda da função do aposento.

 Sem o chi nada existe. Com muito chi vigora o caos. O chi deve fluir pela casa naturalmente, livre­mente, e com dignidade. Jamais deve ficar estagnado ou retido. Se uma passagem que vai dar no canto principal de um quarto, ou se outras áreas da casa estiverem bloqueadas, sua tarefa será eliminar o obstáculo.

 Se você tiver que “se espremer” entre os móveis para entrar ou sair de um conjunto de estofados, então sua tarefa será liberar o chi, retirando do lugar algum móvel.

É mais comum que sejamos atraídos pelas qualidades chi nas pessoas, nos lugares e nas coisas, do que o contrário. Não faz muito tempo, na esperança de provocar o interesse de uma amiga para encontrar-se com um amigo, peguei-me descrevendo apenas suas qualidades chi.

 Disse-lhe que ele era engraçado e brilhante, que jogava tênis e pilotava um avião. Ela pareceu interessada. Eu provavelmente não teria provocado seu interesse por ele se tives­se lhe contado que sua cor favorita era o verde, que usava cami­setas de gola ou que lia o Miami Herald.

O chi não flui de modo misterioso. Ele é uma energia que nos arrasta em certas direções e exige atenção. Para identificá-lo basta olhar para onde se sentir inclinado a se deslocar, e atentar para o que vir em primeiro lugar. Como o sangue que corre pelo corpo, o chi é um caminho para os espaços vivos.

quinta-feira, 26 de março de 2015

Radiestesia e Mesa Radiônica - 1


Radiestesia Mesa Radiônica
Por Dori’T 

RADIESTESIA

A Radiestesia é uma técnica que nos permite aumentar a “faixa energética” que podemos perceber conscientemente, agregando todo um espectro de vibrações sutis ao nosso “universo sensorial”.

Estas irradiações sutis, ainda desconhecidas pela ciência clássica, são, provavelmente, manifestações de campos eletromagnéticos escalares (ou eletrogravitacionais).
Estes campos apresentam características matemáticas e físicas (como velocidade de propagação) diversas dos campos eletromagnéticos transversais.

Esta teoria, inicialmente descrita em 1959, pelos físicos Aharonov e Bohn, após muita rejeição, foi, finalmente, aceita pela comunidade científica, em 1986.

O que é ?

Radiestesia é uma técnica intuitiva-analítica (por mais paradoxal que isso seja) de se captar e analisar a natureza de vibrações sutis.
A palavra vem do Latim RADIUM que quer dizer RAIO e do Grego AESTHESIS que quer dizer SENTIDO, SENSIBILIDADE.
A Radiestesia é portanto, uma sensibilidade à radiação.


Como Funciona ?

Todos os campos emitem radiações na forma de ondas (vibrações) que nos rodeiam o tempo todo e estimulam de forma contínua nosso sistema nervoso, conduzindo-as ao cérebro onde ficam registradas em nosso inconsciente.

Quando entramos em sintonia com as ondas externas, o cérebro as capta e manda a informação para o nosso inconsciente; este emite ondas internas através da sensibilidade neuromuscular, provocando a reação externa em forma de movimentos nos instrumentos radiestésicos utilizados no momento. Estes instrumentos funcionam como amplificadores.
Esta energia faz o seguinte percurso pelo corpo do operador:

Chakra frontal             glândula pineal              sistema límbico               sistema
neurovegetativo          músculo


Portanto, o resultado final de uma pergunta radiestésica é uma contratação muscular involuntária, que irá movimentar o instrumento radiestésico.

Este fato, somente foi constatado, em 1939, com o auxilio de filmagem em câmara lenta.
Até então, a Igreja condenava o pêndulo e a vareta, como sendo “movidos pelo demônio”.
Na prática sempre que pensamos em algo, ou alguém, este fio condutor de energia mental é criado, apenas, não sabemos interpretar, a nível consciente, as energias que nos chegam pelo mesmo.

Há historicamente, duas tendências na prática radiestésica:

1.    a FÍSICA, mais antiga,baseada nos preceitos formulados pelos abades franceses Bouly e Mermet, que valoriza as irradiações inerentes às diversas formas de matéria, que seriam constantes.
2.    a MENTAL, mais moderna, que valoriza a convenção mental proposta pelo operador.


A energia Psíquica


                                                  

A ENERGIA PSÍQUICA 1
  
O Fogo da Presença Eterna - Luz da criação - Uno infinito revela o Fogo da Graça, da redenção.

A Fonte da Vida é o Espírito Santo da Unidade que manifesta a energia psíquica que  revela a mente inteligente do Criador  em tudo que há.
O desempenho que a mente tem na constituição do homem é inspirado pela energia psíquica. 

"A falta de energia psíquica faz com que a mente trabalhe contra si mesma".

Pensando sobre a energia psíquica ao ler este texto eu imaginei vários símbolos que espelham o significado da Energia Psíquica como: a matriz da inteligencia da mente de Deus que move o mundo - a Graça da vida, uma nuvem de luz que paira sobre o planeta e que concentrada manifesta o poder da Unidade, do Grande Espírito, de uma  Merkabah, de União de mônadas, da família monádica, de uma legião de anjos,  de Shekinah, da Grande Mãe da Vida.

Acima da cabeça de cada ser humano vive a luz do corpo Crístico, manifestação do Fogo do Espírito Santo, um potencial , um vir-a-ser que espelha a luz maior ou o Fogo Sagrado do Espaço, da vida que revela a Vontade, o Amor e  Inteligência de Deus da Matriz da Criação.

Quando estamos em harmonia é possível espelhar a luz da beleza do amor de Deus e assim estamos sintonizados com a Vontade de Deus para realizar o plano.

Quando saímos do nosso Tao, perdemos o contato com a energia “do fogo da vida”, ficamos paralisados no plexo solar , e ficamos presos no mundo emocional da Personalidade, do egocentrismo.

 Desligamos a “tomada” que nos une com a Graça e ligamos a “tomada” que nos une com o destino ou karma coletivo e individual.

Assim, nossa mente fica contaminada com a dispersão, com emoções negativas, destruidoras do ódio, da inveja, da mágoa, ciúme, tristeza, rancor, malignidade, impaciência, ambição, promiscuidade...

Entramos no filme da vida do coletivo e somos levados  sem orientação para a luz, perdemos o rumo do dharma. Saímos do mundo da Graça, da doação para entrar no mundo da carência, da fome de amor, da solidão.

À medida que o centro de um indivíduo se desloca para uma profundidade maior de ser, de consciência,  a paz de Espírito torna-se cada vez mais uma companheira constante.

O contato com a Alma – Eu Superior , com a Divina Presença do Espírito nos reúne com a energia do Espírito Santo. A alegria, a esperança, a gratidão, o entusiasmo e o desejo de compartilhar e de servir com o amor ascende o Fogo da Graça.

O controle das emoções revelam maturidade espiritual e integração com o Eu superior que vive  em harmonia com tudo e com todos. Seguir em frente sem prejudicar o outro nos levar para no dharma . Dharmadhannya

Energia Psíquica

Torkon Saraydarian diz que “a energia psíquica é o raio laser da alma humana. Futuramente, o uso do raio laser e o da energia psíquica caminharão paralelamente e finalmente se fundirão.

Sexto Chakra e o coronário - parte 1




                                                                 
                                           


 A PASSAGEM DO FRONTAL AO CORONÁRIO 
 Postado por DharmadhannyaEL 

No Frontal há o domínio de três mundos. Como na Árvore da Vida esse centro corresponde ao mundo de Briah, atingi-lo subentende um domínio dos mundos de Yetzirah e Assiah.

 O centro Frontal mantém uma relação com o universal, pois ele se abre para os níveis integrais de conhecimento da criação, penetra numa espécie de memória universal, possibilitando experiências e imagens que retrocedem no tempo dezenas de milhares de anos, até a era secundária ou terciária. Como são nesses níveis que o karma está enraizado, ao penetrá-lo é possível obter conhecimento das causas e efeitos.

Pode-se dizer, então, que na passagem do centro Frontal (situado no mundo de Briah) para o centro Coronário (situado no mundo de Atziluth) ocorrerá a interiorização de tudo aquilo que se encontra exteriorizado em Briah.

 Por exemplo, em Briah, a unidade Divina diferencia-se em princípio, como se os níveis de pura energia, embora informais, estivessem de certo modo ainda exteriorizados’. Na passagem em direção ao centro Coronário, essas energias se unificam totalmente, interiorizando-se e colocando-se em repouso.

Nessa passagem, a intuição intelectual, denominada Buddhi (ligada ao Frontal), estabelecerá uma comunicação com a personalidade transcendente, isto é, com o Verbo Divino, que os hindus chamam de Atman ou de Sol espiritual.

 Em outras palavras, pode-se dizer que, nesse nível, o ser sai da multiplicidade. 

Gostaria agora de abordar um ponto que raramente é mencionado. Trata-se da passagem entre os centros Frontal e Coronário. Quando acontece a abertura do centro Frontal, a pessoa descobre uma consciência independente do suporte corporal ou físico e vive a experiência de liberdade em relação às formas físicas e psicológicas.

quarta-feira, 25 de março de 2015

A programação para o sucesso - a lei da atração


A programação para o sucesso - a lei da atração

Lembre-se de que QUANDO VOCÊ MUDA SEU MODO DE PENSAR, muda suas crenças; quando você muda suas crenças, muda suas expectativas; quando você muda suas expectativas, muda a sua atitude; quando você muda sua atitude, muda seu o comportamento.

 Quando você muda o seu comportamento, muda seu desempenho; e quando você muda seu desempenho, VOCÊ MUDA A SUA VIDA.
Somos criaturas programáveis.
Apenas afirme dia­riamente: "Todas as minhas necessidades são sempre satisfeitas."

A arte de promover a prosperidade pelo pensa­mento não é difícil. Mas, como em qualquer outra habilidade, precisamos dominar suas regras e aplicá-las. Isso não é muito diferente de aprender a ser um jogador de bridge ou de golfe.

Aqui vão cinco orientações para você desenvolver a consciência da prosperidade:
1.                  Antes de tudo, e o mais importante... PAGUE seu tributo à fonte de onde tira o seu bem. É vital abrir um canal para que a abundância se despeje nele.
A natureza odeia o vazio." Assim, abra espaço para o novo bem que virá. Examine o armário e deite fora  roupas que não tem usado.

2.                  Em seguida... pague a você mesmo, antes de pagar ao açougueiro, ao padeiro, ao eletricista; de­pois, deixe de reserva pelo menos 10% de seus rendimentos e estará livre para gastar o saldo.

 Se o seu patrão o chamar ao escritório e lhe disser que precisa rá cortar 10% do seu salário, você poderá se aguentar. Ficará aborrecido, mas poderá se aguentar. Aqueles 10% são seus, inteiramente seus, e a mágica dos juros acumulados trabalhará por você, fazendo-os crescer, crescer.

3.                  Compre sempre "para duas pessoas" (espe­cialmente quando o produto estiver em oferta). Man­tenha uma despensa farta. A despensa deve refletir prosperidade. Crie uma atmosfera de opulência na sua cozinha. Tenha sempre grande quantidade de mantimentos nas prateleiras. (Um benefício adicional será que você não precisará sair freqüentemente às pressas.)

Chakra - Sétimo. Coroa , Sahasrara. Buda Interior




                                                  

Chakra - Sétimo. Coroa , Sahasrara.
 Iluminação. Buda Interior. Tara Branca 
Postado por Dharmadhannyael


Essência da Sabedoria que Foi Além

A teoria do Vazio foi exposta de várias maneiras no desenvolvimento do Budismo, O seguinte Sutra do Coração, supostamente pregado por Buda (500 a.C.), é o exemplo de um enfoque não-racional ou devocional.
Assim eu ouvi. Certa vez o Abençoado residia em Rajagriha, no Pico do Abutre, com uma grande assembléia de monges e Bodhisattvas. Nessa época, o Abençoado estava totalmente absorto na concentração que analisa todos os fenômenos, chamada “Iluminação Profunda”.

Na mesma época, o Nobre Avalokiteshvara... contemplava a prática profunda da Sabedoria que foi Além, analisando os cinco agregados vazios por natureza.
Então, por inspiração de Buda, o venerável Shariputra falou a Nobre Avalokiteshvara... dizendo: “Como podem os dc boa família aprender a identificar os que querem  seguir a prática profunda d Sabedoria que foi Além?”

Assim falou, e o Nobre Avalokiteshvara... replicou ao venerável Sharipuira: “Ó Shariputra, qualquer filho ou filha de boa família que deseje seguir a prática profunda da Sabedoria que foi Além deve considerá-la deste modo: analisando os cinco agregados, vazios por natureza.


“A forma é vazia, o vazio é forma. O vazio não é outra coisa senão forma, a forma não é outra coisa senão vazio. Do mesmo modo, sensação reconhecimento, formações cármicas e consciência, tudo é vazio. Portanto, Shariputra, todos os fenômenos são vazios, sem características. Eles são não-nascidos e incessantes; não São impuros nem livres de impureza. Não diminuem nem aumentam.

“Portanto, Shariputra, no vazio não há forma, nem sensação, nem reconhecimento, nem formações cármicas, nem consciência; não há olho nem ouvido, nem nariz, nem língua, nem corpo, nem mente.

 Não há ignorância, nem destruição da ignorância. Não há nada disso ao longo do caminho: não há velhice e morte, nem destruição da velhice e da morte Assim, não há sofrimento, nem causa de sofrimento, nem cessação de sofrimento e nem caminho. Não há sabedoria, nem realização e nem não realização.

“Portanto, Shariputra, porque não há realização, todos o Bodhisattvas aderem à Sabedoria que Foi Além, e, porque não há obscuridade da mente, eles não têm medo.

Oração Nossa Senhora Desatadora de Nòs.



                      



NOSSA SENHORA DESATADORA DOS NÓS
Ave Maria, cheia de graça, o Senhor é convosco, bendita sois Vós entre as mulheres e bendito é o fruto do vosso ventre, Jesus. Santa Maria, mãe de Deus, rogai por nós, pecadores, agora e na hora da nossa morte. Amém.
Orando com o Terço ou rosário  e desatando os nós. 

ORAÇÃO À NOSSA SENHORA DESATADORA DE NÓS
Vinde Senhora do Poder Celestial,
desata de nossa consciência
todos os nós que nos oprimem
com a ignorância e
 abre nossos caminhos, abre as portas
do amor e da prosperidade em minha vida.
Senhora Desatadora de Nós!, 
corta e libera as amarras da vida.

Vinde Nossa Mãe Divina
Que o infinito poder da luz de seu coração
de Tua Luz de Sabedoria Divina
ilumine os meus olhos
para que eu possa ver o caminho da vitória e da felicidade.
Que o infinito amor do seu coração
 ilumine minhas palavras e o meu silencio
 com a sabedoria do amor.

Que Teu manto celeste de proteção e amparo,
nos guarde eternamente
sob o poder de Teu Amor e de Tua Guia.
Sagrada Mãe que desata todos os nós!,
que junto a Teus Anjos e Arcanjos
nossas vidas sejam desamarradas
pela imposição de Tuas sagradas mãos.

Ora por nós,
todos os dias que virão,
para que unidos à Tua Consciência Maternal
vejamos vir em Glória o dia de nossa redenção,
o dia do Retorno de Cristo,
Nosso Salvador.
Amém

Oremos  à Nossa Senhora

terça-feira, 24 de março de 2015

Espirito Santo e a graça do dom da Inteligência?

                                 
                                    0 que é a Inteligência?

Eu fiz esta pesquisa filosófica com a intenção de compreender o Dom da Inteligência do Espírito Santo, a inteligência e a razão pura estão interligadas pela intuição que é a luz do Pai e do filho e da Mãe no fogo do Divino Espírito Santo.
Este tema é profundo e vamos seguindo  estudando... 

O conceito de inteligência é complexo e resumi aqui as palavras chaves do autor, para ficar mais fácil a compreensão:
"De qualquer forma, a Inteligência age realmente desdo­brando o Pensamento em Intuitivo e Instintivo.

Tanto Platão quanto Aristóteles já definiam o Intelecto como faculdade de pensar. Desse modo, o Intelecto seria a Inteligência em si. Platão diz, no Sophista, que o Intelecto, dá limites, ordem e medidas às coisas. Este mesmo sentido encontramos em Plotino. 

Kant não se distancia da concep­ção grega, ou neoplatônica, quando dá ao Intelecto:
«... a faculdade de pensar o objeto de intuição sensível.»
«... o poder de conhecer em geral.»
A noção que temos de Autoconsciência prende-se à de Intelecto quanto à Intuição, ou de saber em si. Inegavelmente foi Aristóteles quem melhor definiu, para nós, o que se enquadra à nossa Autoconsciência, quando diz que pelo Intelecto a alma pensa e compreende, dando a este a fa­culdade de intuir os princípios das demonstrações.

Tudo isso temos afirmado na intenção de destacarmos o Pensamento como atributo direto da Inteligência ou seja do Pensamento que, sendo emanação da Mente, traz consigo a presença da Autoconsciência. Façamos mais este gráfico:
A — Átomo Vital, B — Autoconsciência, C — Mente.

Na manifestação da Inteligência temos a emanação do Átomo Vital como Energia Pura, atuando sobre a Auto­consciência. Quando da emanação da Autoconsciência sobre a mente (que ela mesma em princípio formara) temos a Inteligência. Quando a emanação mental, ou Pensamento, se propaga pelo Ser conduz a Inteligência. Podemos assim afirmar que todo Pensamento conduz Inteligência.

- 0 que é a Inteligência?
Luiz Goulart
Como se depreende, admitimos um Núcleo Impulsivo da Inteligência. Talvez assim logremos a possibilidade de definir o que é a Inteligência.