terça-feira, 26 de fevereiro de 2013

“Obrigado” abre o caminho para a prosperidade




“OBRIGADO” ABRE O CAMINHO PARA A PROSPERIDADE

É espantoso como a atitude de gratidão melhora todas as esferas de nossa vida, nossa saúde e felicidade, além de nos aumentar e multiplicar a prosperidade.

Rick W., um corretor imobiliário que conheço, provou esse fato de forma maravilhosa. Ele vinha enfrentando grandes dificuldades para vender casas e propriedades.

 Sentia-se frustrado e infeliz. Convencido do poder do coração agradecido de gerar prosperidade, porém, começou a orar todas as noites, afirmando o seguinte:

 “Pai, eu te agradeço por teres me ouvido,
e sei que me ouvirás sempre.”

 Em seguida, antes de pegar no sono, condensava a frase em uma única palavra: Obrigado. Repetia-a sem cessar, como se fosse uma cantiga de ninar. Continuava a repeti-la até adormecer.

Certa manhã, entrou em seu escritório uma mulher que tinha certeza de conhecer. Rick se orgulhava de sua memória para rostos e nomes, mas quando ela se apresentou, o nome nada lhe disse. Nesse momento, lembrou-se de que a vira em um sonho, uma ou duas noites antes.

domingo, 24 de fevereiro de 2013

A Imaginação governa o mundo



A Imaginação governa o mundo

Foi por esse motivo que Paracelso escreveu no século XVI:
“Seja verdadeiro ou falso o objeto de sua crença, você conseguirá os mesmos resultados.”

Ora, a visão é, diz São Paulo, a certeza de coisas que se esperam, a convicção de fatos que se não veem (EpístolaaosHebreus 11:1). 

Segundo Napoleão, “A imaginação governa o mundo”. Henry Ward Beecher, por sua vez, disse: “A mente sem imaginação é como um observatório sem telescópio.” Pascal escreveu: “A imaginação a tudo determina. Cria beleza, justiça e felicidade, que são tudo neste mundo.”

USANDO A IMAGINAÇÃO

1. A faculdade de criar imagens é denominada imaginação. A imaginação forma todas as ideias e as projeta na mente.

2. Você pode imaginar uma bela casa, uma viagem ou um casamento; ao sentir-lhes a realidade» a imagem mental se manifesta no plano físico.
3. Imagine-se fazendo o que adora fazer, sinta-se praticando esse ato, e maravilhas acontecerão em sua vida.

4. Imagine-se saudável e perfeito, morando numa bela casa, com um cônjuge amoroso e uma família feliz. Insista nessa imagem mental, e milagres acontecerão em sua vida.

5. Disciplinando a imaginação, você pode ver com o olho interior a estrutura de ruínas antigas e, vividamente, reconstruí-las e fazer com que o passado morto pareça vivo.
6. Foi do reino da imaginação que vieram a televisão, os computadores, o radar e todas as invenções modernas.

sexta-feira, 22 de fevereiro de 2013

A imaginação é a Estrela do homem




 O MUNDO DAS FORMAS AUTOLUMINOSAS


E, no momento da morte, para os budistas tibetanos, há um encontro frente a frente com a luz clara, branca, da consciência do Buda. Se não houver esse reconhecimento, a alma começa a afundar cada vez mais em profunda e hipnótica ilusão, e finalmente num novo nascimento.

Na metáfora em que a luz se transforma em consciência, temos a importante idéia de que “ver com o olho da mente” pode abranger sua forma própria de lucidez, em lugar de ser sempre a ilusão ou delírio, como ocorre quando nossos sonhos mascaram a “realidade”.

Nesta parte, examinarei a relação metafórica entre a luz interior e a luz exterior. Tradicionalmente, o mundo da imaginação é o mundo astral estelar, ou do espírito. É chamado em certos textos yogues de mundo das “formas auto-luminosas”. (Talvez seja por isso que a consciência da luz do dia perde-se tão facilmente no mundo dos sonhos. A luz da consciência, que busca iluminar os objetos de nossos pensamentos, bruxuleia quando diante de formas auto luminosas.)

terça-feira, 19 de fevereiro de 2013

Casa 12. Resumo. Analogia com o signo de Peixes.



Casa 12. Resumo. Analogia com o signo de Peixes.

Casa XII. Eu sonho- Setor do eu interior.
Regida por Netuno e Júpiter  e co-regida por Vênus e Lua.

Analogia : Peixes              Regente: Júpiter e Netuno.
Exaltação: Vênus.             Exílio: Mercúrio
Queda: Mercúrio             Elemento: Água
Qualidade: Mutável         Sexo: Feminino

 Casa XII é análoga a Peixes regido por Netuno planeta da dissolução e, portanto é sempre considerada difícil de compreender. É a casa mais “esotérica” das casas. Indica um desejo de dissolução dos laços cármicos, dos vínculos que ainda atam o nativo a este mundo. Todos vivemos experiências ligadas aos temas, e assuntos da casa 12 - prisão, isolamento , solidão, religiosidade, inspiração, telepatia.

Como casa da provação, sabemos que o nativo escolheu esta experiência, antes de aceitar uma nova encarnação com o objetivo de um progresso espiritual. Em todo caso ele tem o poder evadir dessa prisão material pela meditação, pela oração e pela imaginação.

A casa 12 e os planetas que nela estão revelam a escolha da Alma para sua evolução. Esta aprendizagem tem lugar através do crescimento gradual da consciência que acompanha a solidão e muitas vezes um sofrimento profundo, através do serviço generoso ou através da devoção a um ideal superior.

 Quando ficamos doentes estamos na casa 12, onde somos entregues a nós mesmos, quer seja no hospital ou um lugar de reclusão. Se fizermos algo errado ou quisermos ganhar a vida por meios ilícitos, somos isolados dos homens, encarcerados - trata da experiência da casa 12.

As casas  de um ponto de vista interpretativo representam os diversos setores da vida. que correspondem a áreas da vida no mundo exterior. Através delas, as características do indivíduo, reveladas nos signos e planetas, se expressam nas atividades e experiências da vida diária.

domingo, 17 de fevereiro de 2013

Libertando-se do Passado, programando o Futuro



Libertando-se do passado programando o futuro.
continuando parte 3.

4 Etapa: Peça por ajuda invisível

(Na língua do Havaí, “abençoar algo” também significa “dar forças à”.)

Outra abordagem em uma etapa para manifestar algo é sentir-se grato pelo que se tem. Dar graças pode significar atrair mais da mesma coisa — quer se trate de amigos, de trabalho, de tempo de lazer, de boa saúde ou de prosperidade. 

A gratidão, portanto, é uma alternativa sadia para não sentir-se culpado. Lembro-me de Bob Geldof, fundador da Band Aid. Perguntaram-lhe se se sentia culpado ao ver milhões de pessoas morrendo de fome na Etiópia e no Sudão: “Não,” ele disse, “somente grato.”

Escreva seus sonhos e veja o futuro.





Escreva seus sonhos e vejo o futuro.
Primeiro texto. 

 CÍRCULO DE SONHOS
Desenhe um círculo sobre uma grande folha de papel, de forma que o círculo quase atinja as suas bordas. Dentro do círculo, registre os seus Coelhos Brancos: tudo o que quer fazer, ter ou aprender nos  próximos cinco ou dez anos.

 Exemplos: uma casa de campo, um saxofone, um computador, aprender aromaterapia, participar de um safári, aprender a jogar xadrez, casar, viajar para a China, fazer amigos íntimos, apresentar um trabalho criativo, montar o próprio negócio, escrever um romance de ficção científica, cultivar vegetais, nadar num recife de coral, aprender sobre flores silvestres...

Ou talvez você tenha um único grande Sonho, algo que ficou à espreita no fundo da mente há anos, um Sonho que você mal ousa pensar como uma possibilidade! Se for esse o caso, escreva-o em grandes letras maiúsculas.

Ao redor do círculo anote os seus Sonhos globais. Escreva que mudanças você deseja ver nos próximos cinco ou dez anos. O que é que mais importa para você?

Sintonize-se com o Espírito antes de se deixar surpreender com o que lhe vem à mente. Ponha-se a escrever seriamente aquilo que realmente quer, e não o que pensa que deveria querer, ou o que está acostumado a querer. Seus verdadeiros Sonhos o encherão de entusiasmo. Pense grande! Pense ilimitadamente!

(Sempre uso um círculo para este exercício porque aprendemos a escrever da esquerda para a direita, de cima para baixo; ou seja, escrevemos a partir do nosso lado direito, o que você pensa de modo racional, linear. Quando escrevemos dentro de um círculo, enchendo-o confusamente ou em espiral, é mais provável que cheguemos a tocar o nosso lado esquerdo, a nossa intuição. Observe que, apesar de escrever dentro de um círculo, você ainda tende a escrever em pequenas linhas estreitas!)

Este não é um exercício para ser feito uma vez só, visto que os nossos Sonhos estão sempre mudando e crescendo. Sugiro que você prepare um círculo de Sonhos ao menos duas vezes por ano.

sábado, 16 de fevereiro de 2013

As energias eletromagnéticas de vida




                                                  

As energias eletromagnéticas de vida- Segunda Parte

                                                              John Davison 

Já é fato conhecido que o sistema nervoso faz uso da atividade elétrica e emite radiação eletromagnética, em geral em frequências mais baixas e especialmente associada com as ondas cerebrais e a função cardíaca. Nisso consistem os eletro encefalogramas e eletrocardiogramas. A pesquisa moderna mostrou que essa radiação, longe de ser apenas um subproduto da atividade elétrica nervosa, poderá ter um papel fundamental como campo de energia organizacional e portadora de informações.

O dr. Moreli, médico de Otfingen, Alemanha Ocidental, depois de muita pesquisa na área da biofísica, desenvolveu conceitos de vibração molecular como um projeto de padronização da função corporal e, juntamente com um brilhante engenheiro eletrônico, Edwin Rasche, produziu as primeiras unidades de terapia Mora, em 1975, ainda em fase de desenvolvimento. Mora é uma palavra derivada das duas primeiras letras dos sobrenomes dos projetistas.

Os dois cientistas descobriram um amplo espectro de emissões eletromagnéticas, segundo eles diretamente relacionadas com as vibrações moleculares de cada pessoa. Esse padrão é lido com a ajuda de um sofisticado equipamento de análise eletrônica a partir dos pontos de acupuntura detectados por alteração na resistência da pele. Passa então por uma “limpeza” (com a remoção de desarmonias, etc.) e volta ao paciente. Os resultados são notáveis.

Associada ao equipamento Mora, há uma unidade de terapia pela cor. A cor tem sido usada para o tratamento desde tempos remotos, muitas vezes, associada às cores dos chakras. Os psicólogos modernos conhecem hoje as relações mentais e emocionais à cor — certas cores são utilizadas para induzir humores diferentes e assim por diante...

No equipamento Mora, é utilizado um interessante desvio dessa técnica, que é diretamente relacionado ao aspecto eletromagnético da cor. Dentro da unidade gera-se uma fonte branca de luz pura que é decomposta em seus três componentes primários, o vermelho, o amarelo e o azul, pela mistura das quais são produzidas as cores secundárias, verde, violeta e laranja.

segunda-feira, 11 de fevereiro de 2013

Lua .Resumo. Palavras-chaves da astrologia




Lua – resumo- Palavras chave.

Regente natural de Câncer.
Percorre a órbita do zodíaco em 27 dias. Passa, em média, 2 dias em cada signo.
 A Lua ativa no signo e na casa onde se encontra as qualidades ou defeitos e incorpora as influências dos planetas com os quais tem conexão. A Lua modifica e influência ânimos e humores.

Energia lunar é feminina, receptiva, integra o Todo Maior, com a Harmonia da Unidade, com todos os povos e  com a Grande Família – Humanidade. Quando estamos alinhados com a Grande Mãe, estamos conectados com o Grande útero que nos alimenta e provê e sustenta. Simboliza as multidões,  a igreja, o hospital, Cruz Vermelha, o Planeta Terra.Útero, Cálice, Santo Graal...  A mãe Deusa. Nossas origens. O astro da noite se abre para o domínio interior misteriosos e arquetípico do inconsciente.A imaginação, o "lunático vive sonhando acordado", a imaginação é a sua porta e o seu inferno. Mundo da Ilusão.

 “Lua é a Consciência Matriarcal, a sabedoria da Terra, atávica. Representa a memória, a herança e a experiência ancestral que permanece presa à Terra, à natureza, ao crescimento orgânico. Tradição.  
Par oposto do  Sol.Yang.


"Lua nos signos"- (4)

1 – O signo da Lua Natal diz respeito ao modo como experimentamos ou vemos nossas mães, e de como seremos como progenitores, como provê ou gosta de ser provido. Descreve a imagem da “anima” ou a imagem do feminino.
2 – O signo da Lua descreve sua natureza emocional, o modo como responde instintivamente ou reage a eventos e ao ambiente.
3 – O signo da Lua costuma mostrar a maneira de ser que nos dá conforto e segurança. Mostra ainda o modo como nos afastamos de tudo quando precisamos descansar ou fazer uma pausa, descreve nosso santuário. Também pode mostrar alguma coisa sobre a vida doméstica.

Lua nas Casas(4)

1 – A casa mostra o ponto onde somos sensíveis às necessidades dos outros, mas também onde nos deixamos influenciar pelos outros. Onde espelhamos ou refletimos os outros – onde temos a tendência a nos misturar com tudo que nos cerca.
2 – A casa mostra onde somos facilmente moldados pelo hábito e por condicionamentos passados. A forma como experimentamos a mãe estará, de certo modo, ligada à casa da Lua. Além disso, é por meio dela que podemos estar limitados pelos conceitos, expectativas, valores e padrões de nossa família ou cultura. Onde agimos de maneira regressiva ou somos atraídos para o passado, onde podemos ser infantis ou a que nos apegamos.
3 – Temos anseios pela área da vida associada à casa da Lua porque ela faz com que nos sintamos seguros, confortáveis ou nos dá uma sensação de participação. A casa da Lua é a área para a qual nos retraímos quando precisamos de um descanso ou refúgio.
4 – É na esfera da vida associada à casa da Lua que podemos experimentar altos e baixos, mudanças de humor e flutuações de comportamento.

sábado, 9 de fevereiro de 2013

Como Ser um Pensador Positivo




Como Ser um Pensador Positivo
 Norman  Vicent Peale
Postado por DharmaDhannya_EL

A prioridade número um para nos tornarmos pessoas positivas é o desejo. Você tem de querer ser uma pessoa positiva tão intensamente que decida começar imediatamente o processo de mudança. E deixe-me assegurar-lhe que, se você crê que pode mudar de negativo para positivo, mudará.

Claro que você precisa saber o que deseja tão intensamente. O que é de fato pensamento positivo? Deixe-me defini-lo descrevendo um pensador positivo.

É uma pessoa forte, resistente, mentalmente firme, que vê as dificuldades e as enfrenta. Não culpa os outros por suas perdas, não tem inveja, considera os obstáculos um aprendizado, e segue em frente sem olhar para trás.

 Esta pessoa não fica abismada com qualquer adversidade, contratempo ou condição aparentemente impossível, pois sabe que com a ajuda do bom Deus pode superar pelo pensamento e pela fé qualquer dificuldade.

Para o pensador positivo há sempre uma saída, sempre uma resposta. Diante de cada problema difícil o pensador positivo reage tranquilamente: “E, eu sei, mas...!”

Uma coisa é certa: pensar positivo não é, como alguns negativistas querem, um conceito simples e tolo. Nem tampouco uma filosofia irrealista e fácil. Ao contrário, pensar positivo é para os fortes:  fortes na fé, fortes no pensamento, fortes no caráter. E se não são assim ao abraçarem o pensamento positivo, ficarão na luta para se tornarem positivos.

Pensamento positivo é exatamente o oposto de pensamento negativo. O negativista é um descrente; o pensador positivo é um crente.

Um é cheio de dúvidas; o outro é dotado de autoconfiança. Um desiste quando confrontado por dificuldades; o outro enfrenta com coragem os momentos difíceis.

O pensador negativo, pela desesperança, fecha o fluxo do poder criativo. O pensador positivo, contando com a fé em Deus e em si próprio, abre largos canais de afluência de poder e criatividade que produzem resultados surpreendentes.

 Resumindo, o pensador negativo tende a ver, e portanto causar, fracasso. O pensador positivo imagina os possíveis e atrai sucesso para si e seus projetos.

sexta-feira, 8 de fevereiro de 2013

URANO E A ENERGIA DO SÉTIMO RAIO






"URANO E A ENERGIA DO SÉTIMO RAIO"

A física e a mecânica quântica estão sondando esse mundo metafísico, onde as diferenças entre sujeito e objeto se dissolvem, o que se assemelha à experiência de unidade vivida pelo iniciado ou pelo místico.

Certos resultados da atividade do Sétimo Raio podem ser observados na época em que estamos vivendo. Baseiam-se em dois axiomas do ocultismo que refletem a criação embrionária das fórmulas mágicas destinadas a efetuar mudanças nos planos da consciência humana e da atividade física.

Essas fórmulas surgem do conceito hermético “O que está em cima está embaixo”, que é uma definição clara do paradigma unificador incorporado ao Sétimo Raio.

quinta-feira, 7 de fevereiro de 2013

Sete Níveis de Consciência



                                                      
                                 


Sete níveis de Consciência.

"O que sabemos acerca da terceira e da quarta dimensão da consciência?

 Os aspectos fundamentais da nossa percepção da consciência tridimensional são o tempo, o espaço e a matéria. O tempo e o espaço nos dão a ilusão da separação, o tempo e a matéria nos dão a ilusão da morte e da decadência, e o espaço e a matéria nos dão a ilusão da massa.

Os aspectos fundamentais da percepção na quarta dimensão da consciência são a ausência de tempo (eternidade), a ausência de espaço (onipresença) e a energia.

Sem o tempo e o espaço para dar-nos a ilusão da separação, experimentamos a unidade. Sem o tempo e a matéria para dar-nos a ilusão da morte e da decadência, experimentamos um sentido permanente de ser.

 Finalmente, sem a matéria e o espaço para dar-nos a ilusão da massa, experimentamos um fluxo constante de energia. Na quarta dimensão da consciência só existe um momento eterno, a que chamamos agora, e tudo existe em forma de energia.

O campo de energia


A aura, ou campo de energia do corpo, bem conhecida na China e na Índia, forma a base dos seus sistemas tradicionais de cura. Associados à aura humana existem sete centros principais de energia, conhecidos como chakras, que são os principais pontos de ligação entre o campo de energia e o corpo físico.

 A energia flui através dos chakras e anima o corpo. A energia flui, a partir dos chakras, ao longo de uma fina rede de canais conhecidos como corpo etérico. São esses os meridianos usados na acupuntura. Quando sobrevêm bloqueios da energia em qualquer ponto da rede, surgem as moléstias. A causa de todas as moléstias começa no campo de energia e manifesta-se no corpo físico.

Importa compreender que o corpo não tem um campo de energia, mas é o campo de energia que tem o corpo físico. O campo de energia pertence à alma. De acordo com Barbara Brennan, há diversos campos de energia interligados e encasulados na aura.3



terça-feira, 5 de fevereiro de 2013

Cérebro direito e esquerdo. Urano Antena Universal





2." Urano Antena Universal"
  
Neste século aconteceu uma explosão de investigação científica da mente e consciência humanas, da fisiologia e do cérebro. Os resultados desses estudos muitas vezes ocorreram paralelos e misturaram-se aos estudos da mecânica quântica e às investigações das realidades do universo microcósmico oculto.

 Cada vez mais a crença perceptiva em um universo de “matéria sólida” vai se dissolvendo à medida que progridem essas pesquisas; o que está surgindo — para surpresa dos cientistas e físicos — é um universo muito mais estranho do que antes imaginavam as mentes ocidentais.

No mínimo, o que está sendo redescoberto pela tecnologia avançada é um universo que reflete as visões e imagens expressadas por místicos, xamãs, jogues e ocultistas do passado.

 O conceito hindu de que o mundo é maya (uma ilusão real) e lila (um jogo divino, um drama) torna-se cada vez mais viável. A experiência mística que inclui a sensação de se afogar num mar de ondas de luz se aproxima do mundo real da luz e das frequências energéticas subjacentes à realidade humana comum.

 Com o uso de modernos instrumentos científicos, o físico contemporâneo se detém nesses níveis de existência.

segunda-feira, 4 de fevereiro de 2013




Urano e as TÉCNICAS CRIATIVAS E MÁGICAS

Sir Arthur Eddington comentou, no começo do século, que “a matéria do universo é a matéria da mente”.


Passar do universo da física quântica, da fisiologia do cérebro e dos paradigmas científicos para uma perspectiva mágica pode parecer um salto enorme. Porém, as abordagens mágicas tradicionais, com sua ênfase na exploração da mente, podem proporcionar formas de se entrar em contato com outras dimensões universais e nos ensinar a trabalhar com o poder criativo do universo.

Uma definição simples para a magia é a arte de provocar a ocorrência de mudanças na consciência. Como todo o universo é consciente, em graus e formas variáveis, o alcance que temos como pessoas e fragmentos dessa vida consciente é infinito.

 As mudanças na consciência são tanto individuais quanto coletivas, devido à natureza intrínseca da teia de relações e ao fato de que qualquer metamorfose na “mente individual” tem um impacto correspondente na “mente coletiva”, ligando e transformando as polaridades dos mundos interior e exterior. Quando mudamos, o mundo também muda. A revolução começa em nós.

Muitos dos antigos segredos das escolas esotéricas estão hoje ao alcance do público, como se Urano (o regente da via oculta) abrisse a maioria das portas secretas e nos permitisse uma aproximação mais fácil da “verdadeira libertação da mente”.

 E hora da humanidade cooperar conscientemente com o trabalho criativo dos deuses; e podemos trabalhar com Urano para auxiliar na manifestação de sua ideia-sonho futurista.

Quero indicar algumas das técnicas capazes de estimular nossa revolução interior e participar da reestruturação do mundo. Elas são análogas à função original de Urano como pai fundador, que expressou as técnicas espirituais, as quais, num plano mais elevado, formaram nossa realidade. Por esses meios, começamos a nos alinhar com o trabalho dos planetas transpessoais, com suas energias e seus deuses.