sábado, 21 de abril de 2012

O Terceiro Chakra - Sexto Raio Marte e Netuno


                                                          

O Terceiro  Chakra é regido pelo Sexto raio por Marte e Netuno para os esoteristas.
  Pesquisado por Dharmadhannyael

Interessante que o controle da vontade está relacionado com o controle da emoção, da força de Marte; penso que o carro de Arjuna (vontade da Personalidade.) deve ser controlado por Chrisna (Primeiro Raio – Seja feita  a vontade de Deus que é soberana.


Oken diz que “quando o centro coronário está completamente aberto e em operação, diz-se que o indivíduo está desperto para a realidade da Alma e que os processos que resultam numa Personalidade infundida pela Alma foram completados. Assim, o “fio da consciência”- o caminho da Alma para a Personalidade. – está focalizado na região da glândula pineal. É através da linha de Raio da Vontade/Poder que Alma pode regular as atividades do plano físico através do sistema nervoso e do cérebro.

O “fio da vida” é estabelecido no coração, pois é lá que o Sol governa, em termos da “Vida” da consciência de Segundo Raio da Divindade do nosso sistema solar.

O emocional, e mental têm de ser purificados a medida que o alinhamento com a Alma progride. A medicina comum, alopática, pode no ser capai de encontrar as causas desses sintomas. No entanto, através de um diagnóstico médico esotérico, podem ser as averiguadas as correspondências planetárias e dos cháckras. Minha experiência pessoal e de que esses desequilíbrios sutis são mais eficazmente corrigidos pela utilização da medicina herbária e oriental, quando praticada por um curador altamente treinado.

Assim, o indivíduo que esta centrado na alma cria as seguintes alterações sucedendo cm sua vida:

sexta-feira, 20 de abril de 2012

O portal do Sol Terceiro Chakra. Plexo Solar




Ozaniec 
Pesquisado por dharmadhannyaEl

O chakra do plexo solar é o nosso lugar de habilitação no mundo. É a nossa reserva de combustível. Quando essa reserva está baixa, não temos força propulsora para nos projetarmos com impacto no mundo.

Tornamo-nos vítimas da sorte e das circunstâncias quando perdemos o contato com a força da vontade, que é uma expressão direta do ser interior.

A vontade é fundamental para o bem-estar e a realização pessoal, pois traduz a nossa natureza mais íntima numa expressão exterior, permitindo que superemos as circunstâncias difíceis da vida.

 Se uma pessoa tem uma pessoa tem uma vontade fraca, as qualidades de autodeterminação e de auto-orientação são pouco desenvolvidas; ela é facilmente desviada de qualquer rumo pela influência das outras pessoas.

quinta-feira, 19 de abril de 2012

A magia e o Milagre do Pensador



                                                     

A Magia e o milagre do pensador.

Como está sua relação com Deus e com as graças da Vida?
DharmaDhannyael

Temos que compreender que a nossa Personalidade ou “pequeno eu”, habita na “pequena mente” no andar de baixo da vida interior, da mente “inferior. E  no andar mais alto, no mundo búdico ou Divino está nossa Alma Divina, espelhando a mente universal Divina com a Graça e todos os recursos para nos mostrar o caminho da felicidade.  A Alma funciona com a consciência da Unidade, com o Todo.

O milagre acontece no momento que a Personalidade se entrega para Deus, a sua fé alcança planos superiores criadores e Alma tece a felicidade.

A Personalidade primária se estiver presa no porão do carma que limita sua vitória existencial é egocêntrica, irreflexiva, emocional, inconsciente; vive na dualidade e no isolamento. É imatura e emocionalmente infantil e egocêntrica.

A maturidade da Personalidade está relacionada com as suas atitudes, com o seu caráter com os seus pensamentos e com o controle do seu egoísmo, das suas emoções (raiva, ódio, ambição, desejo de vingança, de poder, de dominação e separação..._

Uma definida iluminação da mente  nos une com a Unidade, com Mente Universal e com  todas as modalidades e planos Superiores Divinos. O discípulo é inspirado pelo fogo do amor e isto evoca o “Serviço Criador como expressão desse amor.

quarta-feira, 18 de abril de 2012

Você é capaz de sonhar, então é capaz de realizar.





“O que é necessário  criar uma visão como ferramenta de motivação

“Dizer que cada um de nós tem uma personalidade fixa é um mito. Isso é algo limitado e nos tira o direito de possuirmos o poder de criação contínua.


Acredito que algumas pessoas revelam uma imagem construída em suas relações familiares que diminuem o seu potencial. Numa família cada um é um personagem, e pode acontecer que você foi o escolhido para ser o personagem menor, inferior à todos para que os outros pudessem ser grandes e poderosos. E, assim seguem na sua vida social com este personagem que não está iluminado com a sua verdadeira identidade.

Na contínua criação de quem somos, nada tem um impacto maior do que a escolha que fazemos entre o otimismo e o pessimismo. Não existem personalidades otimistas OU pessimistas, há apenas escolhas únicas e individuais para pensamentos otimistas ou pessimistas.

As escolhas que fazemos para o nosso pensamento nos fazem sentir motivados ou não. E enquanto a clara visualização de um objetivo é um bom primeiro passo para o sucesso na vida, a autocriação exige mais.

 Para que você possa verdadeiramente criar você mesmo e a vida que quer viver, é necessário ação. Como Shakespeare dizia, “A ação é eloquência”.

Branden, “Um objetivo sem um plano de ação é o mesmo que sonhar acordado”.

A autocriação acontece assim que a automotivação é dominada. Uma vem diretamente da outra. O movimento cria o “eu”. A imagem que você tem de você, determina sua ação e seu lugar no mundo.

domingo, 15 de abril de 2012

Terceiro Chakra - Manipura e o Tattwa Tejas.



“Terceiro Chakra (Manipura) e o tattwa Tejas”
Drouot Patrick

Pesquisado por  Dharma Dhannya.
Significação de Manipura: A cidade de gemas.
Localização: Plexo solar. Seu tattwa tem por elemento o fogo e se chama tattwa Tejas.
Forma do tattwa: Triangular, ponta para baixo, cor vermelha, localizado num círculo envolvido por dez pétalas. Sua forma representa o elemento fogo. O triângulo é a forma geométrica mais simples, que tem necessidade somente de três lados.

Prana ou vento correspondente: Saman Vayu, o que percorre a parte superior do abdome na região do umbigo, que ajuda o sistema digestivo. Permite que o sangue e as substânciad químicas produzidas na região do plexo solar se desloquem; essência do alimento é assimilada no corpo inteiro.

sexta-feira, 13 de abril de 2012

O Caminho dos sonhos. O Oráculo sagrado da Alma.

                                                          

O Caminho dos sonhos.
O Oráculo sagrado da Alma.
 Dharmadhannyael
 “Os sonhos nos mostram como encontrar um sentido em nossas vidas, como cumprir o nosso destino e realizar o  potencial maior de vida que há em nós”. (Marie Louise Von franz)

A linguagem dos sonhos é universal e inconsciente. Decifrar os enigmas que nele configuram não é uma tarefa fácil, porque o inconsciente se revela através de imagens, metáforas e símbolos, numa forma de expressão intimamente ligada a arte. Estas imagens estão presente de maneira similar em todas as épocas. Os sonhos revelam a história da humanidade, a história pessoa e familiar encontrada  nos mitos, lendas e contos de fadas de todos os povos, de todas as culturas.

Na antiguidade, as pessoas usavam seus sonhos como um oráculo, um instrumento, para obter respostas as suas indagações ou para curar suas moléstias.

 “Nossos sonhos, possuem uma inteligência superior, uma sabedoria e uma perspicácia que podem nos orientar. Eles nos mostram aspectos de nossa vida atual e nos alertam sobre os perigos, predizem eventos futuros e nos proporcionam “insights” reveladores”.

Os sonhos não nos protegem, das vicissitudes e doenças da nossa existência — mas, nos fornecem  uma linha mestra de como lidar, com esses aspectos, como encontrar um sentido em nossa vida, como cumprir nosso dharma. O mundo onírico pode s terapêutico, se estabelecermos com ele, um diálogo orientador.

O homem sonha com aquilo que ele que faz parte da sua existência, as imagens podem revelar  e que nos falam da nossa estória; a personalidade pode ser a protagonista e todos os personagens  revelam aspectos do nosso “eu” , tudo aquilo que entra em nossa mente faz parte do nosso mundo interno. E o cenário do filme nos pertence ele acontece na história do mundo.

As  emoções movimentam e “vestem os personagens. Tudo aquilo que identificamos por empatia ou por uma atitude reativa nos pertence. O amor e ódio são emoções que  mobilizam nosso inconsciente e é lá que a estória acontece.
O apego nos aprisiona no cenário do sonho que escolhemos por necessidade.

quinta-feira, 12 de abril de 2012

O que a meditação faz - contato com a Alma Divina.parte 2

                                                        

O que é que a Meditação faz - contato com a alma divina.
Torkon Saraydarian
8. A meditação leva à auto-realização e autodeterminação.

Gradualmente todas as atividades mecânicas da mente cessam e hábitos cristalizados se dissolvem. Os corpos se tornam instrumentos de comunicação e criatividade obedientes e sensíveis à medida que deixam de responder mecanicamente aos estímulos provenientes do mundo exterior. A mente aprende a selecionar os pensamentos que chegam e imediatamente rejeita os que não sintonizam com a luz da Alma.

quarta-feira, 11 de abril de 2012

O QUE A MEDITAÇÃO FAZ - A Luz no caminho - parte 1


                                                       

O QUE A MEDITAÇÃO FAZ - Parte 1
Torkon Saraydarian

A meditação é o resultado inevitável do processo de evolução, da premência para a perfeição. Um ser humano não pode viver e desenvolver-se sem respirar. Respiração é vida para o corpo. A meditação é uma espécie de respiração, e uma ponte para o contato com o Divino Eu Superior, e é impossível viver o Caminho do discipulado e da iniciação sem meditação.

Quando o homem comum passa a fazer parte do Caminho, ele sente uma grande pressão, um grande impulso para meditar (para entrar em contato com sua Alma Divina,ou Cristo Interno, Divina Presença); a semente humana sente as forças da natureza em si e quer destruir todas as limitações, tornar-se livre e encontrar seu caminho para a luz, o amor e o poder do mundo interior. Quando a Alma assume o comando do seu destino , do seu barco o dharma acontece.

Sem a meditação, os aspirantes degeneram espiritualmente e morrem; pela prática da meditação, no entanto, desabrocham e irradiam mais vida. A meditação é a resposta a um chamado interior, o chamado do futuro. Um grande ímã libera e evoca a luz oculta em seu interior e o chama, etapa por etapa, até que você encontre o primeiro grande ímã em seu âmago — sua Alma.

Diz-se que o Anjo Solar ou a Alma dentro de nós está em contínua meditação e sua meditação está dirigida para ambos os mundos: o mundo objetivo e o mundo subjetivo, ou o mundo da personalidade e o mundo do espírito.

A Alma se esforça para penetrar nos mistérios da Mônada (Divina Presença) e nesse entretempo se empenha em incentivar o peregrino que pode ter perdido seu Caminho no labirinto físico, emocional e mental.

segunda-feira, 9 de abril de 2012

Terceiro chakra - Plexo solar - Meditação

                                                      

CHACRA TRÊS: FOGO
MEDITAÇÃO -, a Luz solar do Terceiro  chakra

Fogo, Poder autonomia, vontade, Energia, Metabolismo, Transformação, Autoestima

Inspirado nos ensinamentos de Anodea Judith.
ESTAMOS PARADOS, MAS SENTIMOS UM calor cada vez mais intenso dentro de nós. Estamos sozinhos, mas sentimos outros a nosso redor ansiosos por se libertar, clamando por calor e luz. Aqui há uma forma, mas está vazia. Aqui há vida, mas está imóvel. Aqui a consciência está despertando!

A estrela solar brilha sobre nossa cabeça

De um lugar de imobilidade, invocamos o movimento. Lentamente nos estendemos, expandimos, respiramos, alongamos, fluímos. Invocamos a vida a assumir forma. Sua centelha, que provém do fogo do lugar intermediário — lugar entre nós e os outros, entre passado e futuro, entre conhecido e desconhecido.

domingo, 8 de abril de 2012

"Refletindo sobre a Aura".






                                                "Refletindo sobre a Aura".

Você precisa: saber que seu campo interage com forças e energias externas; compreender que sua aura afeta e é afetada pelas energias de outras pessoas; aprender a identificar os limites e a força de seus próprios campos de energia; conhecer as épocas em que é importante fortalecer, equilibrar e limpar seus campos energéticos; ficar sensível às épocas em que sua aura perde energia. Para seu bem-estar geral — físico etc. —, você precisa conhecer tanto essas energias sutis como as energias mais tangíveis de seu corpo.

A lei da atração está  em sua aura. Primeiro observe porque algumas pessoas exercem uma atração magnética e outras não. a força da aura está em sua energia que se move para frente, com entusiasmo, alegria, amor, solidariedade e boa vontade. Nossos átomos interagem com todos aqueles que nos atraem para o nosso bem, para nossa felicidade. E "digas com quem tu andas que eu direi quem tu és".

Se você é falso, agressivo, manipulador, impulsivo, invejoso, vive no passado, maledicente você afasta as pessoas que não vibram em sintonia com a sua vontade que é destruir e morrer.


Toda vez que você tem uma reação emocional forte, ela é acompanhada de uma mudança em sua aura. Isso pode afetar a cor, o formato ou diversos aspectos diferentes. O mesmo se aplica às reações mentais e espirituais. As atividades com que você se envolve são refletidas em sua aura.


 Apesar de ser definida de várias maneiras, a aura é o campo energético que cerca toda matéria. Tudo o que é dotado de estrutura atômica tem aura, o campo de energia que o cerca. Todo e qualquer átomo de uma substância é formado por elétrons e prótons que estão em constante movimento, formando assim vibrações energéticas eletromagnéticas.

Os átomos que constituem a matéria viva são mais ativos e vibrantes do que os da matéria inanimada. Assim, os campos energéticos de árvores, plantas, animais e pessoas são detectados e experimentados mais facilmente.



  
Você já experimentou o campo de energia da aura?
(Se puder responder ‘sim’ a uma ou mais destas perguntas, você já experimentou a ação de um campo energético exterior sobre sua própria aura.)

1. Quando você está perto de determinadas pessoas sente alguma perda de energia?

2. Você associa certas cores às pessoas? (Por exemplo: “Para mim, você passa a impressão de ser uma pessoa amarela”.)

3. Você já percebeu que alguém olhava fixamente para você?